Cimeiras Associativismo e Juventude

Cimeiras Associativismo e Juventude Cimeiras Associativismo e Juventude 2

As Cimeiras Associativismo e Juventude são iniciativas pioneiras promovidas pela FNAJ que permitem auscultar os/as jovens, desafiando-os/as a contribuir com novas ideias e sugestões para que, em conjunto com técnicos de juventude e autarcas, possam ser definidas políticas locais de juventude, complementares às politicas nacionais para o setor, assentes num diálogo estruturado de base local.
Em 2017, decorreu a cimeira nacional “Participa Mais”, em Chaves, do qual resultou um “Plano Estratégico para a Juventude no Poder Local”, que serviu de caderno de encargos para as sete cimeiras regionais “Mais Juventude”, que decorreram em 2018 de norte a sul de Portugal e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira. Nas cimeiras foram avaliadas e identificadas as necessidades, motivações e objetivos dos jovens das várias regiões do país e partilhadas boas práticas associativas e autárquicas, plasmadas no “Plano Nacional para as Politicas Locais de Juventude”, documento estrutural para a criação e otimização de Planos Municipais de Juventude. Surge em 2019, a cimeira nacional “Agir Mais” que visa promover o debate em torno das ferramentas e estruturas de participação jovem, nomeadamente os Conselhos Municipais de Juventude.

Após os projetos “Participa
Mais”, “Mais Juventude” e “Agir Mais”, o projeto “Inove Mais” representa o passo seguinte, projetando a Cidadania 3.0, bem como a Participação do Século XXI, em análise e debate nas Cimeiras do Futuro Associativismo e Juventude, a par dos desafios do mundo atual.

Com a ambição de promover a evolução harmoniosa das políticas públicas de juventude em Portugal, foram realizadas entre 2020 e 2021 cinco Cimeiras do Futuro em Viana do Castelo, Santarém, Olhão, Ovar e Beja, uma Cimeira Ibérica Associativismo e Juventude em Bragança com objetivo de concretizar o PACTO INOVE Jovem, que estabelece uma sinergia e cooperação entre todos os agentes do ecossistema juvenil, com o fim último de revolucionar e valorizar as políticas para jovens no contexto local e nacional. No final do ano 2021 está prevista ainda a realização de uma Cimeira Atlântica Associativismo e Juventude, o evento final da Estratégia FNAJ 20/30, na qual se celebrará o primeiro pacto jovem.

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador. Ao continuar a utilizar o website, assumimos que concorda com o uso de cookies. Aceito Ler Mais